Nas férias aumenta o risco de ter documentos extraviados

0

Sair de férias é bom. O complicado é ter documentos extraviados, perdidos, roubados ou furtados. Se isso ocorrer, registre o sumiço no site Consumidor Positivo

Férias é sinônimo de descanso e sossego, mas há quem acabe relaxando demais e deixando de cuidar, como deveria, dos pertences pessoais quando sai de viagem ou mesmo para algum passeio. Quem não tem uma história para contar ou não conhece alguém que teve documentos extraviados, perdeu a bolsa ou a carteira ou mesmo foi furtado ou roubado?

É por conta desse histórico, comum em períodos como o das férias escolares de julho, que a Boa Vista SCPC orienta sobre a importância de se redobrar a atenção e os cuidados com os documentos, para que esse tipo de imprevisto não prejudique este momento especial com a família ou os amigos. A Boa Vista é uma empresa brasileira que alia inteligência analítica à alta tecnologia para transformar dados em soluções para os desafios de clientes e consumidores. 






Como explica Pablo Nemirovsky, superintendente de Serviços ao Consumidor da Boa Vista SCPC, quando acontece a perda, o furto ou mesmo se tem os documentos extraviados – RG, CPF, Carteira de Motorista, Carteira de Trabalho, Passaporte, cheques – é fundamental registrar um Boletim de Ocorrência (BO). Em seguida, o recomendado é acionar o “SOS Cheques e Documentos”, serviço oferecido gratuitamente pela Boa Vista SCPC no portal www.consumidorpositvo.com.br.

Para ter acesso ao “SOS Cheques e Documentos” e avisar sobre os documentos extraviados é preciso fazer um cadastro simples e gratuito no portal Consumidor Positivo. Concluída esta etapa, no menu “Para Você” é preciso escolher a opção “Informar Documentos Roubados”, e seguir o passo a passo. A informação registrada no “SOS Cheques e Documentos” é repassada a lojistas e a concedentes de crédito de todo o Brasil sempre que o CPF é consultado nos produtos da Boa Vista SCPC, notificando a existência de que documentos extraviados.

“A comunicação de documentos extraviados é uma segurança tanto para os cidadãos quanto para as empresas, uma vez que, após se cadastrar no SOS Cheques e Documentos, um alerta é disparado pelo sistema da Boa Vista SCPC no momento em que algum credor faz a consulta do número do documento ou do cheque apresentado por quem está tentando realizar a compra. Como o SOS Cheques e Documentos repassa a informação de  documentos extraviados ou roubados, o credor consegue evitar a venda a uma pessoa mal-intencionada”, detalha o superintendente de Serviços ao Consumidor da Boa Vista.

De acordo com Nemirovsky, a informação fica disponível por cinco anos para quem faz as consultas na Boa Vista SCPC. “O próprio consumidor pode fazer o pedido de exclusão a qualquer momento. Caso não o faça, o registro é expurgado do cadastro após cinco anos”, explica. Por outro lado, caso o cidadão queira continuar com o aviso de documentos extraviados ou cheque após os cinco anos, recomenda-se fazer novo pedido e apresentar o Boletim de Ocorrência.

Texto: Assessoria de Imprensa Boa Vista SCPC

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

O Consumo em Pauta é um site com informações para o dia a dia do consumidor. Nossa missão é entregar aos leitores informações gerais sobre consumo, educação para o consumo e direitos e deveres de consumidores e fornecedores, além de dicas de como resolver pendências de conflitos de consumo. Nosso objetivo: relações de consumo menos conflituosas.