Nova plataforma facilita troca de produtos

0

O Troque Fácil aposta em uma rápida resolução de troca de produtos e possibilita o aprofundamento na relação entre clientes e empresas

Simplificar o processo de troca de produtos e tornar o momento da devolução uma oportunidade para o varejo estreitar laços comerciais entre consumidores e vendedores é a proposta da recém-criada plataforma Troque Fácil, desenvolvida pela Send4, empresa especializada em inovações no varejo.

O surgimento da Troque Fácil está diretamente associado à mudança do próprio modelo de negócios da Send4. A reestruturação da empresa veio a partir de uma demanda pontual de um cliente.

A solução apresentada a essa demanda pela Send4 evoluiu para um projeto mais ambicioso e promissor, que se tornaria a Troque Fácil. Para Cristian Trentin, diretor da Send4, a proposta da plataforma de troca de produtos representa uma tendência de transformação na relação entre varejistas e clientes no pós-vendas. “Hoje há inúmeras ferramentas para atender ao cliente, mas não tem ainda nenhuma para retê-lo e fidelizá-lo à loja”, aponta Trentin.

O procedimento oferecido pela plataforma para as trocas é apenas o início de um amplo planejamento na construção de uma aproximação com o consumidor disposto à troca de produtos que não corresponderam às suas expectativas, tirando dele a frustração e até a eventual revolta com a empresa que ofereceu o item comprado. “Além de resolver o problema pontual da troca de forma prática e satisfatória, a intenção da plataforma é fazer desse bom atendimento motivo para continuar consumindo na empresa que o atendeu.” Trentin acrescenta que “o que a gente está prevendo é uma solução inovadora para ajudar o varejista a atender o cliente no pós-vendas.”

O responsável pela Troque Fácil oferece duas etapas até o momento do que chama de “roda da fortuna” do varejo. São elas: autoatendimento e retenção do cliente. “Quando você compra online, compra praticamente sozinho, sem ajuda. A partir de agora você também não vai precisar de ajuda para a troca de produtos e poderá ter um atendimento em cerca de cinco minutos”, explica ele sobre como será o autoatendimento.

O segundo passo é a retenção do cliente, ou seja, convencê-lo à troca de produtos por uma outra em vez de apenas pedir o dinheiro gasto de volta. “O cliente não quer apenas devolver o produto e receber o dinheiro de volta, mas receber um produto que supra sua necessidade. E ele quer o mais rápido possível, sem burocracia”, aposta Trentin.

A Troque Fácil está, portanto, dando início a uma forma pioneira de resolução de conflitos no pós-vendas, trazendo para o Brasil experiências até então inéditas, mas que são realidade no exterior. Se atualmente a espera pela troca de produtos demora em média dois dias, a plataforma da Send4 prevê resolver 99% dos casos em menos de seis minutos.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe.

Sobre o Autor

O Consumo em Pauta é um site com informações para o dia a dia do consumidor. Nossa missão é entregar aos leitores informações gerais sobre consumo, educação para o consumo e direitos e deveres de consumidores e fornecedores, além de dicas de como resolver pendências de conflitos de consumo. Nosso objetivo: relações de consumo menos conflituosas.