NO RÁDIO: Como praticar a sustentabilidade no dia a dia

0

O professor Marcus Nakagawa lança livro com 101 ações de sustentabilidade que qualquer cidadão pode incorporar no seu dia a dia

Como colocar a sustentabilidade em prática no dia a dia de forma rápida e fácil é o tema do livro “101 dias com ações mais sustentáveis para mudar o mundo”. Ele foi escrito por Marcus Nakagawa, professor da graduação e MBA na ESPM, coordenador do Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental, idealizador e diretor da Abraps (Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade) e palestrante sobre sustentabilidade, empreendedorismo e estilo de vida.

Nakagawa é o entrevistado da jornalista Angela Crespo no programa Consumo em Pauta, na Rádio Mega Brasil Online.

A proposta do livro é estimular o cidadão a praticar uma ação sustentável por dia. Depois de 100 dias incorporando boas práticas no seu cotidiano tem como último desafio ensinar as 100 ações para uma criança e, assim, multiplicar o conhecimento e as práticas. Nakagawa faz analogia ao regime para emagrecimento. “Pode-se começar na segunda-feira, e vai somando uma ação por dia, fazendo com que o dia a dia do cidadão fique cada vez mais sustentável.”

livroA primeira ação do livro é a gentileza, “que gera gentileza e tem o poder de transformar os cidadãos e o próprio planeta”, diz o autor. Se não se tem empatia com outras pessoas ou seres vivos, para Nakagawa, será muito difícil incorporar as outras ações propostas no livro no cotidiano.

Mas o que tem a ver gentileza com sustentabilidade? “Todos os seres vivos estão dentro de um ambiente complexo, que inclui o social, o ambiental, o econômico. Tudo deve funcionar de forma coordenada pela causa maior: a perenidade dos seres vivos e do planeta”, responde o professor, acrescentando que sustentabilidade não é caracterizada apenas por ações no meio ambiente, é também atitudinal e tem cunho social. Um exemplo é a doação de cabelo para uma entidade que produz perucas para pessoas em tratamento de câncer.

É óbvio que o meio ambiente talvez seja o que mais se pensa quando se fala em sustentabilidade e cujas as ações são mais simples de se praticar, como a reciclagem do lixo, o cuidado no descarte de embalagens de remédios para não haver contaminação no solo e na água, a coleta de água de chuva que pode ser usada onde não se tem necessidade de água potável, etc. “Se falarmos do modelo tradicional de sustentabilidade, que é a separação do lixo, a reciclagem, etc., devemos nos atentar na corresponsabilidade do cidadão ao fazer valer a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Ou seja, ele tem de fazer a sua parte e as empresas, a dela. Mas no papel de consumidor, o cidadão que pratica a sustentabilidade no seu dia a dia pode começar a dizer não àquelas empresas que não estão cumprindo as normas legais.”

Para saber mais sobre o livro “101 dias com ações mais sustentáveis para mudar o mundo”, não perca a entrevista com o autor, Marcus Nakagawa, nesta segunda-feira (30-07), às 16 horas, na Rádio Mega Brasil Online. Reapresentações na terça, às 19 horas, e na quarta, às 9 horas.

Compartilhe.

Sobre o Autor

O Consumo em Pauta é um site com informações para o dia a dia do consumidor. Nossa missão é entregar aos leitores informações gerais sobre consumo, educação para o consumo e direitos e deveres de consumidores e fornecedores, além de dicas de como resolver pendências de conflitos de consumo. Nosso objetivo: relações de consumo menos conflituosas.