Empresa cobra dívida de IPVA de carro roubado

0

Depois de 16 anos de receber o sinistro de carro roubado e quitar o financiamento, empresa cobra dívida de IPVA. Isso está correto?


Em 2001 fui assaltado e levaram meu carro, meus documentos e ainda me obrigaram a sacar R$ 500 em um caixa eletrônico. Tudo registrado em um Boletim de Ocorrência na delegacia. Dias depois encontraram meu carro incendiado numa favela. 

Entrei com o pedido de sinistro na seguradora Porto Seguro e o carro era financiado pelo Banco Itaú.

Fui até o banco para quitar a dívida restante e receber o saldo do valor que me cabia na época. Tudo certo e tudo quitado.

Passados quase 16 anos, a empresa RR advogados cobra-me uma dívida de IPVA no valor de R$ 300, que não devo. Isso está correto?

Ligam todo dia, incessantemente, ameaçando de colocarem meu nome em cartório de Brasília.

Como posso me defender? Poderiam  me ajudar?

Fábio Teixeira Lima, São Paulo

Compartilhe.

Sobre o Autor

O Consumo em Pauta é um site com informações para o dia a dia do consumidor. Nossa missão é entregar aos leitores informações gerais sobre consumo, educação para o consumo e direitos e deveres de consumidores e fornecedores, além de dicas de como resolver pendências de conflitos de consumo. Nosso objetivo: relações de consumo menos conflituosas.